Na medida certa para o cliente


Imóvel usado pode ser opção mais barata e conveniente para quem tem planos de adquirir uma moradia


As vantagens são atrativas. Desde a praticidade de encontrar tudo pronto até o valor mais em conta. Abrir mão de um imóvel novo para adquirir um imóvel usado pode ser um bom negócio para o comprador, especialmente para os mais exigentes em relação a alguns itens que podem ser determinantes na hora de assinar o contrato. O funcionamento do condomínio, uma vizinhança já estabelecida e a qualidade de acabamento, por exemplo, são diferenciais nesse tipo de moradia. Corretores e imobiliárias, atentos à demanda, têm nos portfólios boas indicações de usados, prontos para serem comercializados com os clientes.

 (Blenda Souto Maior/DP/D.A PRESS)















De acordo com o corretor de imóveis, Sóstenes Almeida Damasceno, muitas vezes o próprio comprador menciona o tamanho do imóvel que deseja, a possibilidade de já recebê-lo mobiliado, a ressalva da pressa que tem na mudança e, principalmente, a sua localização. Itens específicos que, segundo ele, só se consegue atender se for consuktada a carta de empreendimentos usados.

José Roberto Júnior, advogado especialista em direito imobiliário, afirma que o preço é uma das maiores vantagens que se tem quando se opta por esse tipo de edificação. Ele ressalta que, por conta da depreciação, o valor que é negociado de um imóvel usado é, naturalmente, menor do que o preço de um novo. Deixar de gastar com itens que podem estar inclusos na aquisição de um empreendimento desse tipo, se torna vantajoso.

E se o financiamento de projetos imobiliários novos tem sido facilitado, comprar um imóvel usado pode ser mais vantajoso também nesse sentido. É possível conseguir financiar até 100% do valor.

Paulo Miranda, presidente da imobiliária que leva o seu nome, traz um alerta apenas no que diz respeito ao tempo de uso do imóvel. O mínimo de cinco anos de existência deve ser observado no usado, já que antes desse tempo, ele é considerado novo e, portanto, ainda não estaria desvalorizado no mercado para, por exemplo, atender a vantagens que são peculiares ao imóvel usado.

Comentários