CUIDADOS NA COMPRA DE UM IMÓVEL:


Ao comprar ou vender um imóvel procure sempre assessoria de um Corretor de Imóveis e de um Advogado especializado na área imobiliária para orientá-lo quanto aos documentos necessários. Muitas vezes um “bom negócio” que alguém não especializado lhe oferece, pode trazer “embutido” uma sé
rie de problemas que custará mais caro do que a comissão e os honorários, sem contar, a intranqüilidade. Procurar profissionais especializados constitui sua segurança. Veja os mínimos cuidados básicos que você deve ter ao adquirir um imóvel.
Quanto ao imóvel, verificar:
• se o imóvel está registrado em nome do vendedor no Cartório de Registro de Imóveis onde se localiza;
• quando o imóvel for uma casa, se a construção está averbada na Matrícula do imóvel;
• se não existe sobre o imóvel hipoteca, penhora ou outras restrições que tragam problemas futuros;
• se existem débitos junto à Prefeitura Municipal, ao Estado e à União.
Quanto aos proprietários vendedores, verificar:
• se existem em nome deles títulos protestados, cheques sem fundos, ações judiciais cíveis ou trabalhistas que representem risco ao imóvel;
• se há processo de separação litigiosa do casal, bem como, o regime de casamento adotado por eles;
Para as verificações acima, serão necessárias inúmeras certidões que os profissionais consultados saberão onde e como obte-las, bom como, analisá-las.
Veja, também os cuidados que você deve ter ao vender um imóvel.
Compromisso de Venda e Compra:
Se a venda for realizada por compromisso de venda e compra, analisar as cláusulas inseridas nele, especialmente quanto as relativos aos pagamentos e a forma de rescisão. É bom saber que embora conste do contrato que na falta de pagamento de determinado número de parcelas haverá rescisão automática, não existe rescisão automática, sendo sempre necessária a rescisão judicial;
Escritura de Venda e Compra:
Normalmente, poucos são os cuidados com a escritura, pois, são lavradas por um Tabelião que tem responsabilidades sobre o teor dela. Entretanto, isso não invalida a assessoria de um advogado, pois, muitas vezes as partes solicitam a inserção de determinadas condições que podem trazer conseqüências. Uma das preocupações que o vendedor deve ter ao assinar uma escritura é a relativa ao Imposto de Renda. Em algumas situações, pode existir o denominado “lucro imobiliário” que se não for pago até o último dia do mês subseqüente ao do ato da escritura, gerará multas a atualização monetária do imposto devido.
Assim, a assessoria de um Corretor de Imóveis e de um Advogado, sempre se faz necessária.

Comentários